segunda-feira, 11 de abril de 2011

Uma Semana Imperial


O que se segue é o relato de uma semana - só uma pequena semanita, note-se bem - na vida do imperialismo ocidental (EUA, países europeus e UE, ONU, NATO, Israel). Uma semana na vida do Eixo do Bem. Apesar das notícias serem muitas, não estão incluídos aqui os crimes de estados vassalos do Ocidente (Egipto, Paquistão, Yémen, Somália, Iraque, etc...), apesar destes crimes serem pelo menos em parte responsabilidade dos governos ocidentais, visto que estes financiam e armam estes vassalos.

Quem observe com um mínimo de lucidez esta lista de informações é obrigado a constatar, se for minimamente honesto, que os governos ocidentais são extremamente agressivos e interventivos. Estão envolvidos num sem-fim de guerras, de conflitos e de "missões de paz". Não passa um dia sem um bombardeamento, sem mortos, sem invasões, sem manobras subversivas de serviços secretos e tropas especiais clandestinas, sem ajudas financeiras e militares a regimes amigos, sem embargos financeiros ("congelamento de haveres") e bloqueios comerciais, sem restrições à circulação de políticos de algum regime condenado (e "familiares próximos", que por alguma razão, têm sempre culpa das imoralidades dos seus familiares governantes), sem ameaças ou condenações de tribunais internacionais, sem extradições, sem críticas, opiniões e "condenações inequívocas" a governos de países distantes, e sem propaganda intensa a favor das intervenções ocidentais.

Em matéria de imperialismo, há dois factos importantes a perceber:

O primeiro, é que o Ocidente é imperialista. Em maior ou menor escala, em função dos países - por exemplo, os Estados Unidos são de longe o país mais agressivo de todos. Mas imperialista sem dúvida.

O segundo é que o Ocidente é não só imperialista, mas muito mais imperialista, agressivo, mortífero e perigoso, no domínio das relações internacionais, do que qualquer papão usado habitualmente para nos assustar (o comunismo, a China, a Rússia, o terrorismo, o Irão, o Islão, o Kadáfi, o Bin Laden, os pretos, os imigrantes, os marcianos, etc...). Os países ocidentais combinam, só por si, bem mais de metade dos gastos mundiais em despesa militar, em espionagem e subversão, e em "ajuda externa" (compra de políticos locais). Só os Estados-Unidos, por si, gastam mais nas suas forças armadas do que todos os restantes países do mundo juntos.

Os países ocidentais não estão sob ocupação de soldados africanos, nem as suas cidades são bombardeadas e atacadas por soldados iraquianos ou paquistaneses. Mas o contrário acontece constantemente. Quem não percebe isso ou é ingénuo e tótó, ou trabalha activamente para este imperialismo ocidental (ou seja, é imoral). Neste segundo caso, o seu trabalho pérfido consiste em enfraquecer a resistência popular ao militarismo - resistência interna, dentro do Ocidente, entenda-se - pela propaganda e pela manipulação sistemáticas. Resistência esta que se justifica plenamente, tendo em conta não só a injustiça destas guerras e o mal que causam àqueles que as sofrem, como também o parasitismo que implicam aqui nas nossas terras (imposto, inflação, serviço militar, restrições à liberdade de expressão, violação pelo Estado da privacidade dos cidadãos).

Face à constatação do desequilíbrio das relações internacionais, assim como do carácter liberticida das cruzadas ocidentais, uma pessoa com sentido de justiça percebe imediatamente que o Mal principal não é nem o Ahmadinejad, nem o Bin Laden, nem o Gbagbo, mas o próprio Estado sob a dominação do qual vive. E que é contra este que deve concentrar todas as suas energias, promovendo uma política estrangeira neutra e independente (saída da NATO, da ONU e da UE; retirada das tropas estacionadas em países estrangeiros; regresso dos navios da marinha para dentro das águas nacionais; despedimento dos espiões governamentais; fim da ajuda externa; expulsão das tropas americanas presentes no seu país). Há que voltar a uma política defensiva.

Oxalá os povos ocidentais acordem da sua apatia perante os crimes dos seus governantes e soldados, e mais ainda da sua imoral cumplicidade com estes. Oxalá as nossas vítimas nos perdoem. E quanto aos porcalhões sanguinários que gostam de toda esta produção de caveiras e de carne assada, oxalá sintam na pele aquilo que desejam para os outros.

Morte Ao Império Português!



Relato de uma Semana de "Missões de Paz"
Segunda-feira:

Sen. Graham Presses for Continued US Occupation of Iraq
At NATO’s Behest, US to Continue Libya Strikes
Sept. 11 Suspects to Face Guantanamo Military Trial, U.S. Says
US Seeking ‘Negotiated Exit’ for Yemen’s Saleh
Attack by enemy forces leaves 2 American soldiers dead in Iraq, US military says
French Military Captures Ivorian Airport


Terça-feira:

La France s'engage dans la bataille d'Abidjan
Obama Aide: US ‘Consistent’ in Opposing Palestinian Statehood
Ban Ki-moon says U.N. not party to I. Coast conflict
Report Reveals Discipline Breakdown in Kill Team Brigade
Afghan Border Policeman Kills Two US Soldiers
White House Reverses Civilian Trial Plan for Detainee
Gates: It’s a matter of time before Gaddafi’s gone
GOP divided over arming Libyan rebels
U.S. planes hit targets on Libyan coastline
Israel plans to resume assasination campaigns
Des hélicoptères de l’ONU tirent sur le palais et la résidence de Gbagbo


Quarta-feira:

UN blasts new Israeli settler plan
Israel tank shell kills armed Palestinian on Gaza border
Afghan Governor: NATO Kills Six Civilians in Night Raid
French Fraud Behind Libya War Drive
Libyan Rebel General Slams NATO for Not Attacking Enough
Rand Paul scolds Senate for not debating Libyan action
U.S. ready to resume Libya strikes if needed
Recent U.N. Actions Show Policy Shift, Analysts Say
France’s Role in Three Conflicts Displays a More Muscular Policy
Strikes destroy 30 percent of Libya military power: NATO
Air Force spending $4 million a day for Libya war
Morte de civis foi planeada, diz procurador do TPI
Sudão acusa Israel de ataque aéreo
Nome de Cavaco Silva invocado por português em processo dos GAL
Polish Commando dies in Afghanistan


Quinta-feira:

Even With NATO Strikes, Libyan Civil War Remains Stalemated
Libyan rebels near Ajdabiya 'killed in Nato air strike'
Changing Libyan Tactics Pose Problems for NATO
War in Cities: NATO Slams Libya Forces for Being Inconvenient to Bomb
Libya says NATO air strike hits major oil field
Israeli Official Admits to Tuesday Attack on Sudan
Israel bans 700 goods from entering Gaza
Sen. Graham urges GOP presidential candidates to avoid isolationism
U.S. Sends New Elite Forces to Afghanistan As Drawdown Looms
Will US Keep Funding Yemen’s Crumbling Regime?
Maliki's Doubts Threaten Post-2011 Troop Presence Plan
British troops ‘involved in Kabul road death’
U.S. pledges more money for peace program in Afghanistan
Two tankers carrying fuel for U.S., NATO troops destroyed
Israel expedites vote on hundreds of new homes beyond Green Line
Orthodox IDF soldiers accused of abusing Palestinian prisoners
Peres to ask UN chief to cancel Goldstone report, sources say
U.S. committed to ending anti-Israel bias on UN council, envoy says
Report: Bibi wants discount on German submarine
Marines to extend Georgia training mission
Man convicted of Croatian war crimes arrested in Germany
Israel dispara sobre Gaza em resposta a ataque que atingiu autocarro escolar
Mantém-se cerco armado à residência de Gbagbo
French FM: Ivorian Surrender Talks Fail as Opposition Launches New Attack


Sexta-feira:

General: US ‘May Consider’ Ground Troops in Libya
Justice Memo Upholds Libya Strikes
NATO Fears War without End in Libya
Libya: Nato 'regrets' loss of life from Ajdabiya strike
Anti-US sentiment is 'rife' in Afghanistan and Pakistan
On Pakistan Border, U.S. Troops Launch Their Own Spring Offensive
Gates: US Troops Could Stay in Iraq Past Deadline
Ouattara's forces seal off Gbagbo's bunker in I.Coast
U.S. Cost in Libya Approaches $650 million
Swedish jets make first combat mission in 50 yrs
France Flexing Military Muscles in Libya, Former Colony Ivory Coast
Germany eases no-military stance on Libya
Ivory Coast's Ouattara seeks recovery despite standoff
Lieberman asks France to help evacuate Israeli diplomats from Ivory Coast
French rescue Japanese in daring Ivory Coast raid
Gates hails Iraq, warns against Iran, Qaeda
Thursday: 1 US Soldier, 4 Iraqis Killed; 15 Iraqis Wounded
Cabinet 'hushed up' torture of Mau Mau rebels
Kenyan politicians in Hague court over killings
Israel pounds Gaza, kills 4 after missile hits bus
Israeli army rounds up West Bank villagers
Goldstone to face libel suit
Sole Gaza crossing closed
Spanish forces liberate Iranian ship from Somali pirates
U.S. troops in Afghanistan suffer more catastrophic injuries


Sábado:

EU ready for Misrata mission with UN backing
NATO Denies Apology: Blames Libya’s Rebels for Getting Bombed
Besieged Libyan rebel city looks for NATO rescue
Democrat says Libya costs run much higher
Obama Weakens Troop Cuts in Europe Promised by Bush Administration
At Least 13 Killed as Israeli Warplanes Pound Gaza
Forget December: Gates Says Troops Could Stay in Iraq for Years
U.N. says Gbagbo striking back in Abidjan
Afghanistan Secret Prisons Confirmed By U.S.
Bahrain's secret Mossad ties revealed?
US extends sanctions to 5 more Libyan officials
UN: Iraq's leaders must address protest demands
Pentagon chief in Iraq's Kurd region
In Israel, the Shadow of a New Gaza War
Peres to Ban: UN can't remain neutral on Gaza situation
Shin Bet chief: Arab MKs flirting with enemy
Somalia: Fighting Displaces Some 33,000 People Over Past Six Weeks
U.N. seeks to free child soldiers from Philippine rebel ranks



Domingo:

UN panel: 100s of mercenaries operating in Libya
US government reviews military aid to Lebanon
Ivory Coast’s Ouattara Urges End to Sanctions on Cocoa Ports
UN, French fire on Gbagbo residence in Ivory Coast
UN killings raise Afghan transition fears
Several hundred Afghans protest Koran burning
Destroying booby-trapped Afghan towns to save them
Mercs to Watch Commandos’ Backs in Afghanistan
Saudi Arabia asks U.S. for prices of warships with air, missile defenses
N. Korea threatens action for US-SKorea drills
British Army defuses 500-pound van bomb in Ulster
Libya rebels vent frustration on Nato and a silent leadership
British soldiers charged with leaks
Israel pounds Hamas targets in Gaza for third day
Iraqi cleric warns of violence if U.S. troops don't go
Iraq Blocks U.S. Aid to Camp of Iranian Exiles After Clash
Gbagbo's forces retaliate in Ivory Coast
U.S.-Pakistan intel operations frozen as ties remain strained