sábado, 11 de fevereiro de 2012

O Estado Mundial


Para o fim de facilitar o seu estudo, segue-se uma lista de instituições, pessoas e influências activas na centralização e no crescimento graduais do Poder. Aliança esta cuja consequência lógica é a famosa “Nova Ordem Mundial”. Ou seja, a criação dum Estado Mundial.

Este fenómeno de globalização política, por ser particularmente inimigo da liberdade, merece toda a atenção e hostilidade dos defensores desta última.


Dum ponto de vista prático, convém que essa hostilidade, para que tenha alguma hipótese de suceder, não se contente simplesmente em lutar defensivamente contra novos avanços centralizadores e liberticidas das instituições existentes. Pelo contrário, há que contra-atacar, assumindo frontalmente o objectivo reaccionário de tirar o Estado português das organizações supranacionais às quais pertence, assim como de deixar de financiá-las através dos impostos nacionais. Além disso, numa atitude coerente de descentralização, convém "implodir" o Estado português, defendendo sistemáticamente movimentos separatistas regionais e locais.


Organizações Internacionais









Organizações Secretas e Grupos de Influência






Encontros de Elites Internacionais



Estudo da Classe Dominante



Famílias "Notáveis"



Operações Subversivas

...

O Cancro já tem muitos metástases. Há que aplicar imediátamente a quimio-terapia.