segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Descolonização


Fonte.

1. A descolonização foi um vergonhoso acto de desamor. Um abandono, por parte dos brancos, dos pretos que tinham sob a sua auctoridade e, consequentemente, sob a sua protecção. E uma traição á sua propria raça (a branca), e ás suas proprias "ethnias" (portugueza, franceza, ingleza...).

Os povos intelligentes, civilizados, com cultura, e christãos, isto é, os povos superiores, teem responsabilidades moraes para com os restantes. Com a descolonização, os europeus falharam neste dever, com a consequencia que toda a Africa recahiu ao estado de primitivismo e animalidade que era o seu quando os brancos a descobriram, colonizaram, e conquistaram.

2. Apesar da sua maldade e da sua animalidade, a responsabilidade dos pretos no processo de descolonização é minima. Foram os brancos que, por cobardia, fraqueza, traição, decadencia, falta de orgulho e intellectualismo, provocaram a grande desgraça que soffreram. Num sentido profundo, mereceram aquillo que lhes acconteceu. Mas não pelas razões que ignorantes e deshonestos propagam (racismo, occupação da terra alheia, etc...).

3. Nas proximas decadas, toda a Africa negra vae ser recolonizada e reconquistada (internamente ou externamente), pelos brancos e seus descendentes semeados em mulheres locaes. Este processo accelerará apoz os paizes occidentaes restabelecerem regimes autocraticos no seu seio.

4. A diferença fundamental entre brancos e pretos não é racial, mas social. Os conflictos entre brancos e pretos são, na verdade, conflictos de classe.

5. Uma completa separação entre as duas raças é impossivel, por razões psychologicas, economicas, e politico-militares. Por outro lado, a desegualdade entre as raças é abysmal. A unica maneira das duas raças coexistirem passa pela estratificação da sociedade, o que implica o restabelecimento de hierarchias, e é a negação dos principios democraticos, constitucionaes, e egualitaristas. Esse processo, historicamente, fez-se atravez de instituições paternalistas e autocraticas como o apartheid, a escravatura, a monarchia, castigos physicos, e uma maior ou menor segregação. O logar do preto é por baixo, e á distancia.

6. Até ao fim dos tempos, o preto estará sob a auctoridade do branco, como vassalo, escravo, subdito, empregado (mais ainda, como creado), soldado e afilhado. Nenhum histerico pode impedir isso. Nenhum branco que queira preservar a sua vida, os seus bens, a sua civilização e a sua cultura pode fugir á necessidade de assumir virilmente o poder. Do mesmo modo que a mulher força o homem a assumir o seu logar de chefia na familia, o preto força o branco a acceitar majestosamente a auctoridade que o seu physico, a sua mentalidade, e certas memorias historicas lhe dão. Não é o branco que affirma a sua superioridade e a sua primazia. É o preto que lha reconhece, e que espera do branco attitudes consequentes. Ha povos que foram feitos para mandar, e outros para obedecer.

Ian Smith


Biographia na Wikipedia

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Arriba España! Viva Franco!


Golpe de Estado en España de Julio de 1936
Guerra Civil Española
Francisco Franco Bahamonde

Soffrimento e Immortalidade

As duas maiores obras literarias da Peninsula Iberica são os Lusiadas, do Luiz Vaz de Camões, e o Don Quijote de la Mancha, de Miguel de Cervantes Saavedra. Os dois homens tiveram uma vida parecida. Estiveram presos. Arriscaram a vida e a liberdade na cruzada contra o Turco. Andaram em alto mar. Soffreram a solidão. E viveram no Ultramar, no meio de raças hostis e dificeis.

Tal semelhança entre esses dois nomes immortaes não é coincidencia. Viveram uma vida especial, fora do commum. Sahindo completamente do comforto, cresceram. Foi o soffrimento que os fez amadurecer, pensar, perceber, e sentir. Só essa preparação anterior lhes permitiu, regressados á Patria, crear uma obra inesquecivel.

Heroe e Sancto

Nuno Alvares Pereira. O Condestavel.


domingo, 5 de outubro de 2014

A Negra

Religião má. Falsidade. Religião de criminosos, de assassinos crueis, de massacradores, de terroristas. Religião de aggressão. Religião de Esquerda. Inimiga da alegria e da liberdade.

Infecção. Cancro.

Religião de burros maus, ressentidos, explosivos. Religião de incultos. Palhaços ridiculos. Cobardes. Fracos.

Detestavel heresia. Religião anti-christan. Inversão do christianismo.

Porcaria diabolica.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

domingo, 21 de setembro de 2014

Correio dos Leitores

De PATRIOTAPORTUGUES@................COM

Para PEDROVELHINHOBANDEIRA@GMAIL.COM

Boa tarde. Estive a ler alguns dos seus artigos e gostaria de saber se você estaria interessado em apoiar nos na luta contra os malfeitores que vivem impunes na nossa sociedade e que ninguém faz nada para os parar (fogos postos, assassinatos, violações, assaltos, destruição de propriedade privada, vandalismo, agressões... etc). Estamos dispostos a por em risco a nossa vida em prol das nossas famílias, amigos e sobretudo da nossa pátria para exterminar mos todos os criminosos perigosos no nosso país que aterrorizam várias populações por todo o lado no nosso território. NÃO TENHAM MEDO, MATAR QUEM MATA É SALVAR VIDAS.

Nota: Quero deixar bem claro que não somos fascistas, comunistas, skinheads, racistas ou xenófobos, apenas somos nacionalistas (tal como você), e por isso não vemos o problema em nenhuma nacionalidade, etnia ou "raça" específica na criminalidade do nosso país, apenas vemos o todo.

Cumprimentos,
Exército Patriota Português
---------------------------------------------
Resposta Suino-Capitalista:

Burro. Não te mettas em ilegalidades. Não te mettas em violencias. E não incentives os outros para este lado.

Lê o Alinsky, o Gary North, o Gene Sharp, o Douglas Hyde, o Vladimir Bukovsky, os meus posts sobre estrategia politica. A Biblia, tambem, especialmente os livros sapienciaes e o Novo Testamento. Segue com o catecismo da Egreja catholica.

Lê a historia e estuda os methodos dos serviços secretos (contra-espionagem, "false-flags", manipulações triangulares, infiltração de organizações clandestinas). Interessa-te pelo Soral e os pencudos, por exemplo. E pela historia da guerra da Argelia, e os methodos do exercito francez.

Googla "NSA", "SIS", "SIR".

Se ainda estiveres a ferver, vae ao Vale de Santarem, ha lá um bordel muito grande, e come uma brazileira. Se ainda estiveres com tesão, come uma ucraniana. O teu problema, no fundo, é falta de chocha.

Achei piada ao teu email. Ou, 1) pertences aos serviços secretos, ou a algum grupo particular de provocadores, e queres levar-me á gaiola. Ou, 2), és muito burro, e andas a querer montar um exercito clandestino anonimamente, pela Internet.

Tendo para o 2), acho que és um burro. Com bons instinctos, comtudo. Transmitte-me o teu verdadeiro nome, o teu contacto, a tua photo, e podemos ir beber uma cerveja, um dia destes. Gosto de gente pura, com pancadas. És um preto com pelle branca, no fundo. Quero-te conhecer, antes de ires preso. Mas nada de projectos malucos. Só uma cerveja, um bitoque, e contar umas piadas.

Um grande abbraço luso-catholico-reaccionaro-salazaro-monarcho-miguelisto-etymologico-nacionalo-colonialo-direito-patriota.

Tudo pela Nação, Nada contra a Nação!!!!!!!!!

Viva Portugal!

Pedro Velhinho Bandeira

sexta-feira, 19 de setembro de 2014