quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Morte aos Hereges!

Ha que destruir os hereges, e com elles, os seus erros theologicos. Ha que fazer soffrer aos seus portadores o que desejam aos outros. Teem que soffrer na carne as humilhações e as violencias que sempre commettem para alcançar o Poder, e para affirmal-o.

Primeiro. Fuzilar todos os chefes hereticos na praça publica. Imans, rabbinos, pastores, etc...

Segundo. Fechar todos os locaes de culto, e convertel-os em egrejas. Mesquitas, synagogas, templos, etc...

Terceiro. Expulsar do Paiz, sob pena de morte, todos os hereges varões. Fechar as meninas e as mulheres em conventos, e convertel-as. Entregal-as para adopção e para casamento a familias e homens christãos.

Quarto. Escravizar, apoz castração, ou fuzilar, todos os reclusos hereges.

Quinto. Expropriar todos os bens dos hereges a favor da Egreja.

Sexto. Dar ou vender os orgãos dos mortos a doentes que delles precisem.

Septimo. Restaurar a Inquisição, e impedir o surgimento de novas heresias.

Oitavo. Ir conquistando as terras de heresia que pela sua proximidade ou especial hostilidade ponham em perigo os paizes christãos. Uma vez conquistados, executar os passos anteriores. Expandir a Fronteira. Afastar o perigo.

São maus. São falsos. São ressentidos. São detestaveis. Teem o coração cheio de violencia. Não merecem viver. Ha que limpar-lhes o sebo. A sociedade que se proteja. Venha a Reconquista. Venham as Cruzadas.