terça-feira, 27 de dezembro de 2016

O Terceiro Segredo de Fatima

Revelado em 13 de Julho de 1917 em Fatima. Redigido pela Irman Lucia dos Santos em 3 de Janeiro de 1944:

"Escrevo, em acto de obediencia a Vós meu Deus, que me mandaes por meio de Sua Excellencia Reverendissima o Sr. Bispo de Leiria, e da Vossa e minha Santissima Mãe. Depois das duas partes que ja expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora, um pouco mais alto, um anjo com uma espada de fogo na mão esquerda. Ao cintilar despedia chamas que pareciam incendiar o mundo. Mas, apagavam-se com o contacto do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro. O anjo, apontando com a mão direita para a terra, com voz forte dizia: - Penitencia, penitencia, penitencia.

E vimos numa luz imensa, que é Deus, algo semelhante a como se veem as pessoas no espelho, quando lhes deante passa um bispo vestido de branco. Tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre. Vimos varios outros bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cymo da qual estava uma grande cruz, de tronco tosco, como se fora de sobreiro com a casca. O Santo Padre, antes de chegar ahi, atravessou uma grande cidade, meia em ruinas e meio tremulo, com andar vacillante, acabrunhado de dor e pena. Ia orando pelas almas dos cadaveres que encontrava pelo caminho.

Chegando ao cymo do monte, prostrado, de joelhos, aos pés da cruz, foi morto por um grupo de soldados que lhe disparavam varios tiros e setas e assim mesmo foram morrendo uns apoz os outros, os bispos, os sacerdotes, religiosos, religiosas e varias pessoas seculares. Cavalheiros e senhoras de varias classes e posições. Sob os dois braços da cruz, estavam dois anjos. Cada um com um regador de crystal nas mãos recolhendo nelles o sangue dos martyres e com elles irrigando as almas que se approximavam de Deus."