sábado, 30 de dezembro de 2017

O Futuro de Israel

Qualquer dia, Israel ha-de annexar formalmente a Cisjordania, que conquistou numa das suas guerras. A partir dahi, Israel passará a ser um Estado de apartheid: uma minoria judia a governar a maioria arabe (os arabes são mais numerosos, ligeiramente, do que os judeus, no conjunto de Israel e Palestina). Mas esta situação não é sustentavel a longo prazo. Pelo jogo da democracia, os partidos da Esquerda israelita hão-de dar o direito de voto aos arabes. Isto provocará uma “enchente” arabe nas instituições politicas do paiz e do Estado unico dos dois povos. Os judeus passarão a viver em minoria no seu Estado: uma situação dificil e perigosa.

A situação é parecida com o que succedeu na Africa do Sul na passagem do apartheid para o regime multicultural moderno.

Liberdade de Expressão

Por toda a Europa, a liberdade de expressão está sob attaque. O culpado é o politicamente correcto, com as leis liberticidas que o accompanham. Ja não se pode dizer nada sobre mulheres, homossexuaes, judeus, muçulmanos e immigração.

Isto tem consequencias graves: não se discutindo os problemas, muito menos se resolvem.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

A Bomba Atomica

Ha varios paizes do mundo com a bomba atomica. Destes, muitos teem uma forte população islamica. França, Israel, Russia, India e Paquistão estão nesta situação. Isso faz correr um grande perigo ao mundo. De facto, estes muçulmanos estão integrados nas forças armadas dos paizes respectivos, nomeadamente na guarda do material nuclear. Mas acontece que o Islão é uma fé de guerra. Os portadores desta fé serão sempre levados para a violencia e para o terrorismo. Corre-se portanto o risco de ver uma bomba atomica ser desviada do seu armazem e detonada numa grande cidade do mundo.

É este o perigo que o mundo enfrenta: terrorismo nuclear.

Destruição Social

Portugal prepara-se para debatter, e presumivelmente legalizar, a euthanasia. Vae-se passar a mactar velhotes em fim de vida. É mais uma medida de destruição social no seguimento de outras do mesmo genero, como o divorcio facilitado ou o aborto legal.

Por estes peccados, peccados que bradam ao céu, Portugal ha de pagar as consequencias.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Salario Minimo - Desemprego Maximo


A lei do salario minimo provoca desemprego. Ao forçar os patrões a pagarem mais do que vale o trabalho do empregado, promove que estes sejam despedidos, ou que não sejam contratados em primeiro logar.

Cada trabalhador tem uma produtividade determinada. Não se pode aumentar essa productividade por decreto.

São precisamente aquelles que a lei pretende ajudar - os mais pobres - que soffrem mais com a lei do salario minimo. São de facto os pobres que, regra geral, são pouco productivos. Por não terem formação, por exemplo. E como pouco productivos que são, arriscam-se a render menos ao patrão do que o salario minimo, o que provoca desemprego.

Ainda por cyma, o salario minimo aumenta todos os annos, não permitindo que a inflação reduza o valor real do salario minimo, e promova mais emprego.

O salario minimo é um controle de preços. Um preço minimo que, quando fixado acyma do preço de mercado, e como qualquer economista sabe, provoca excessos de offerta: desemprego.

Esta lei é um desastre e uma vergonha, e devia ser abolida.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

França e Argelia

A situação que a França vive, duma extrema pressão da sua communidade islamica, é o prolongamento da guerra da Argelia. Do mesmo modo que na altura foram corridos da Argelia, os francezes tenderão a ser corridos da sua terra. A guerra passou dos confins do imperio ao coração do imperio.

Christianismo e Islão

Os valores christãos e os valores islamicos são exactamente o inverso. O christianismo é uma religião de paz e de amor. O Islão é uma religião de guerra e de morte.

666

Na Segunda Guerra Mundial, morreram 666 milhões de judeus, pelo menos. Bué mesmo.

Cervantes: Don Quijote de la Mancha


Honoré de Balzac: Les Chouans


Alexandre Soljénitsyne: L'Archipel du Goulag


Victor Hugo: Quatrevingt-Treize


Emile Zola: Germinal


Italo Sordi: Buddha